Disciplina - detalhe

LCF0678 - Manejo de Bacias Hidrográficas


Disciplina de Graduação

Objetivo
a) Informar o aluno a respeito dos princípios fundamentais de hidrologia florestal, com ênfase em suas aplicações práticas para o manejo de microbacias hidrográficas. b) Fornecer ao aluno elementos que lhe permitam entender e planejar o manejo da floresta visando a produção e a qualidade da água. c) Desenvolver a visão holística de manejo florestal tendo a microbacia hidrográfica como base física de planejamento, visando a minimização dos impactos ambientais.

Programa resumido
Ciclo hidrológico. Microbacias hidrográficas experimentais. Balanço hídrico de microbacias. Consumo de água por florestas. Controle da produção de água em microbacias hidrográficas florestadas. Floresta e qualidade da água. Manejo integrado de microbacias hidrográficas.

Programa
Hidrologia florestal, terminologia, unidades e transformações. Ciclo hidrológico, processos hidrológicos. Bacia hidrográfica: escala, delimitação / cálculo de área; Caracterização física de bacias por meio de Sistemas de Informações Geográficas. Precipitação: intensidade, distribuição e métodos de mensuração em áreas florestadas. Distribuição espacial da precipitação em bacias. A interceptação da chuva pela copa das florestas: conceitos, fatores que influenciam a interceptação. Papel das perdas por interceptação no balanço hídrico da microbacia. Medição dos processos envolvidos na interceptação. Evapotranspiração potencial. Balanço hídrico em microbacias hidrográficas florestadas. Quantificação do balanço hídrico. Regime da água do solo em áreas florestais: conceitos de hidrologia do solo, dinâmica da água do solo, umidade do solo. Infiltração da água no solo. Escoamento superficial. Escoamento direto / indireto. Vazão: deflúvio, medição e avaliação de hidrograma. Hidrologia da microbacia hidrográfica: o processo de geração do deflúvio em microbacias florestadas, conceito de área variável de afluência, resposta hidrológica. Efeitos da floresta sobre a produção de água da microbacia. Métodos de medição do deflúvio em microbacias experimentais. Zona ripária: dinâmica, caracterização, importância. Interação sistema terrestre / aquático. Florestas e produção de água. Consumo de água por espécies florestais: fatores envolvidos, evaporação, transpiração e perdas por interceptação. Medição da evapotranspiração em florestas. Manejo florestal: impactos: Erosão e sedimentos; Composição físico-química da água em microbacias hidrográficas florestadas: conceitos, parâmetros de qualidade da água, ciclagem de nutrientes em florestas. Efeitos das atividades florestais de uso da terra sobre a qualidade da água. Avaliação da qualidade da água. Planejamento integrado de bacias hidrográficas. Uso de Sistemas de Informações Geográficas para manejo de bacias hidrográficas Alocação de áreas naturais. Corte raso. Desenho de talhões e estradas florestais. Monitoramento de microbacias. Sustentabilidade do manejo florestal: manutenção do potencial produtivo, processos hidrológicos e diversidade biológica.