Disciplina - detalhe

LCF0683 - Colheita e Transporte Florestal


Disciplina de Graduação

Objetivo
Análise do trinômio HOMEM-MÁQUINA-FLORESTA, suas interações e influências no ambiente e no universo de uma empresa ou propriedade agrícola. Conhecimento e estudo das relações existentes entre a mecanização florestal e demais áreas das ciências florestais. Realização de estudos para aquisição e aplicação de equipamentos de colheita. Estudar a viabilidade técnica, operacional e econômica da mecanização florestal. Conhecer as diferentes opções de máquinas existentes, suas características e possibilidades de utilização. Capacitar o aluno a desenvolver sistemas integrados de colheita florestal, conhecendo cada fase do sistema.

Programa resumido
Apresenta os objetivos e importância da mecanização florestal. Descreve os sistemas de colheita florestal nas atividades de: corte, toragem, desgalhamento, extração, carga e descarga, transporte principal e descascamento.Analisa máquinas e implementos florestais e os efeitos da colheita de madeira no ambiente. Aspectos de ergonomia nas atividades florestais. Estradas florestais.

Programa
Mecanização florestal e colheita de madeira: introdução, evolução, sistemas, planejamento da colheita de madeira e levantamento de dados. Fatores de influência na colheita de madeira e principais efeitos no ambiente. Colheita de madeira em florestas tropicais. Colheita de florestas implantadas: corte raso e desbastes. Equipamentos de corte: características técnicas e econômicas, esquema de trabalho, rendimentos e efeitos. Extração florestal: máquinas e equipamentos, descrição técnica, avaliação econômica e rendimentos. Determinação do custo de equipamentos florestais. Desgalhamento, toragem e descascamento. Produção de cavacos no campo. Transporte principal: ferroviário, hidroviário e rodoviário. Caminhões: importância, análise técnica e econômica, alternativas de veículos e legislação. Estradas florestais: projeto e alocação da rede viária, características técnicas, construção de obras de arte e impactos sobre o meio ambiente. Ergonomia florestal. Aspectos fisiológicos do trabalho. Estudo do trabalho e de tempo: planejamento, instrumentos, etapas, identificação de atividades parciais e coleta de dados.